25 de fev de 2010

...

-Onde é que está?
-Não sei.
-Para onde vai?
-Não sei.
-...
-Até as estações... estão chorando.
-Por que motivo?
-Nem elas sabem...
-...
-Mas... talvez porque... a voz não chega.
-...
-A sua também não chega?



(Seus Gritos eram Inaudíveis.)

Nikku


21 de fev de 2010

Superfície


E minhas dúvidas que restavam se foram
Os corvos pararam de falar
Formigas de dançar...
E aquele gosto de raiva
Misturada com bem estar
Dissolveu-se mais rápido do que tinha imaginado.
Foi embora sem levar, nem deixar nada.
E foi isso.
Só não espero.

Nikku

17 de fev de 2010

Cego


Aquela dor... Esta dor.
Sufoco-me todos os dias nela.
Enxergo as bolhas subindo
Pelo azul hídrico...
Pop! Vai uma.
Pop! Vão duas.
Pop! Vão três.
Progressão desagradável...
Não termina... não cessa.
Afundo as suturas no ácido
Com o estilete destilo
A pele que afunda
N'aquela imensidão.
Queria arrancá-la (a outra)
Com uma faca invisível...
Exterminar.
Impossível.

Nikku

8 de fev de 2010

Elastic


Wake up at the end of the morning
Find the butter in your eyes
Look alive while you can
'Cause something's hurling towards you
Can't you hear it? Can't you feel it?
The tic toc of the bones coming through the door
Ants start crying and the birds stop dying
Can't you hear it? Can't you feel it?
Well I'll tell you there's no worry
Don't be in such a hurry
Just take one more sip of tea
And you'll be better than you and me
Because I know that that cat is mine!
Yes, yes I know that feline is mine!
So don't be in such a hurry
Can't you hear it? Can't you feel it?
There's no time to worry
Just get up and hurry!
No, no you're not crazy
A fingertip won't lie
And I know, yes I know that those lies are mine!
Those lies are mine, yes they're mine
So come on and let's go on a ride...
Because I know, oh I know that cat is mine!
Can't you hear it? Can't you feel it?
You fell in that bubble and the soap is mine!

Nikku

Suor


O dia estava claro
Céu terminara seu almoço
Caminhava intensamente
Com muito alvoroço.
Chegara ao destino
Não imaginava que fim levaria
Aquele inesperado dia.
Locomoveu-se pr'alí e aqui
Sendo guiado pelo bem-te-vi...
Entre a celulose e o hidrogênio
Não parava de consumir oxigênio...
Chegara no clímax e Cansaço socou
Observava silhuetas dançarem no azul
Para perceber tudo, não demorou
Aquilo era só um jogo, cogitava
Será mesmo que alguém se importava?
Pois o tempo que parecia haver fim
Levou-se para uma viagem
Que junto trouxe a mim.

Nikku