31 de jul de 2013

Distante



Capturando toda a luz, explode ao meu redor a aura.

Comprime-se,
Dilata-se,
Chora.

Apavora-se,
Antecipa-se.

Finge, calcula,
(e o coração só comprime, rompe, deprime).

Em cada fragmento meu te quero diluído:
Do despertar ao adormecer.
Mas, oh!  Por enquanto, está proibido.
“Mais tarde”, disse o tempo com prazer.

Níkku