14 de mar de 2015

Porque...

Porque...

Porque poesia se faz onde o coração grita
Porque admonições encarceram e lacram
E a poesia vem com suas garras majestosas
Lacerando e infligindo qualquer tormento.
Porque dos meus olhos sangram versos de contemplação,
O estado da mente de onde brotou em profusão 
Calmarias, sabores, o não dito, o que não está a postos.
Porque não é preciso estar pronto para fazer poesia
Necessário é só provar (mas quem precisa?) a si mesmo que nunca se estará pronto
Para fazer poesia.

[A ti, sabes bem.]

Feliz dia da poesia.

Níkku